sociais

logos

Cresce Brasil

O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp) completou 83 anos em 21 de setembro último. Observando essas décadas de existência, trabalho e luta, chegamos à conclusão que a entidade e os profissionais por ela representados têm muito a comemorar. Isso porque, se foram muitos os desafios a serem superados, também foram muitas as conquistas ao longo desse tempo.

Criado em 1934, o Seesp é hoje uma entidade que representa cerca de 200 mil engenheiros em todo o estado, tem mais de 50 mil associados e mantém delegacias sindicais em 25 cidades, além da sede em São Paulo.

Todos os anos são feitas cerca de 40 negociações, representando engenheiros que atuam nos diversos segmentos econômicos, nos setores público e privado, visando firmar os acordos e convenções coletivas, que beneficiam cerca de 100 mil profissionais.

Além desse esforço de defesa e representação coletiva, que é função principal do Seesp, a entidade vem aprimorando a prestação de serviços aos associados, que contam com inúmeros benefícios muito relevantes. Entre eles, o Plano de Saúde do Engenheiro, o SEESPPrev, que é o fundo de pensão dos profissionais, a assistência jurídica e previdenciária e o serviço de apoio à carreira.

Entre os grandes feitos da nossa entidade está a criação do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), que oferece a primeira graduação em Engenharia de Inovação do Brasil, num curso pautado pela excelência de ensino e projeto pedagógico avançado.

O Seesp também participa fortemente do debate sobre o desenvolvimento nacional, por meio do projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento” e do movimento “Engenharia Unida”, ambas iniciativas da FNE de fundamental importância para o conjunto dos profissionais da área tecnológica e para a sociedade como um todo.

Neste momento da vida nacional, o sindicato está engajado na resistência às ameaças de retirada de direitos dos trabalhadores e na defesa de medidas que propiciem a efetiva retomada da economia e a geração de emprego. Ou seja, mais do nunca, estamos engajados nessa batalha fundamental da FNE por valorização profissional, o que inclui a existência de investimentos públicos e privados que garantam oportunidade no mercado de trabalho, com remuneração justa e condições adequadas para o exercício das diversas atividades.

Entre outras pautas essenciais, nosso sindicato vem defendendo a recuperação da indústria nacional, a preservação da Petrobras, como a mais importante companhia brasileira, e a retomada das obras paralisadas como forma de cessar o desperdício e aquecer a economia. Ainda, combatemos a privatização indiscriminada e sem a necessária discussão de setores essenciais e estratégicos, como são o saneamento e a energia.
Enfim, como se vê, é com mais trabalho e luta que o Seesp celebra o seu aniversário. E seguiremos assim, por muitos anos mais, defendendo os engenheiros, nossa razão de existir.

João Carlos Gonçalves Bibbo é presidente em exercício do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp)

logoMobile