sociais

logos

Cresce Brasil

A Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) e seus sindicatos filiados estão empenhados na aprovação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 13/2013 que cria a carreira de Estado para engenheiros, arquitetos e agrônomos em todos os níveis de governo (federal, estadual e municipal). A matéria está parada no Senado, aguardando votação de requerimento que desmembra a apreciação do PLC, que foi vinculada, por força de outro requerimento aprovado em 2 de junho de 2015, ao Projeto de Lei de Senado 122/2014 que dispõe sobre o exercício profissional dos economistas.

Com esse “apensamento”, expressão legislativa, o projeto dos engenheiros, que já tinha sido aprovado em duas comissões permanentes e aguardava apenas ser votado pelo Plenário da Casa e, sendo aprovado, ir à sanção presidencial, voltou à estaca zero. Por isso, é tão importante que o requerimento do “desapensamento” seja votado e aprovado pelos senadores.

Acompanhe a tramitação do projeto

Na luta pela carreira pública, por Murilo Pinheiro

 

 

 

 

logoMobile