sociais

logos

Cresce Brasil

A Agência Nacional do Petróleo, Gás natural e Biocombustíveis (ANP) vendeu três dos quatro blocos  ofertados em leilão na 4ª Rodada de Partilha do pré-sal que o governo Temer vem fazendo, apesar das críticas pela entraga dos recursos energéticos do país e dos protestos dos petroleiros que se concentraram hoje em frente ao local das negociações, no Rio de Janeiro.

Localização do pré-salLocalização do pré-salO bloco de Uraipuru foi arrematado pelo consórcio formado pela portuguesa Petrogal, a norueguesa Statoil e a ExxonMobil.Também foram vendidos os blocos Dois Irmãos, no pré-sal de campos e Três Marias, na Bacia de Santos. O Bloco Três Marias recebeu duas ofertas: uma do consórcio formado pela Petrobras, Total E&P e BP Energy e a outro do consórcio entre a Chevron e a Shell. O vencedor foi o consórcio Chevron e Shell, Também ofertado pelo Brasil, o bloco de Itaimbezinho, que fica no pré-sal da Bacia de Campos, não teve comprador.

A Petrobras, que entrou na disputa,  foi derrotada pelas ofertas das petroleiras estrangeiras em duas áreas. Diane disso, a estatal exerceu o direito de preferência garantido por lei e entrou nos consórcios vencedores com participação de 30%. O valor arrecadado pelo governo federal com o leilão foi de R$ 3,15 bilhões.

A assinatura dos contratos de partilha de produção está prevista para ocorrer até o dia 30 de novembro, após o pagamento de bonus calculado com base na expectativa do mercado quanto ao potencial produtivo dos blocos disputados e ao grau de competição pela área na rodada de licitação.

 

Redação FNE

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

logoMobile