sociais

logos

Cresce Brasil

Novo vídeo da AEPET mostra que até para os parâmetros do mercado, mas sob uma ótica produtiva, a desintegração da Petrobrás não é a estratégia adequada para a empresa nem para o Brasil. Na prática, uma privatização fatiada terá como resultado a entrega da empresa pela via da desnacionalização de estruturas importantes como refino, transporte e distribuição de combustíveis. 

Tal entrega não garantirá redução de preços, aumento de investimentos ou geração de empregos. Ao contrário, desnacionalizando, por exemplo, metade da capacidade de refino sob controle do país, para quem os brasileiros vão reclamar de preços abusivos de combustíveis estratégicos como o gás ou o diesel?

O vídeo destaca ainda as medidas necessárias para garantir estabiildade econômica e custo de energia compatíveis com o crescimento do consumo, tanto pela população quanto pelos agentes econômicos. Confira:

 

 

Adicionar comentário


logoMobile