Imprimir

Pará, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Santa Catarina

PA
Basa: continua a batalha dos engenheiros
Reunidos em assembleia no dia 23 de outubro último, os engenheiros aprovaram a contraproposta a ser apresentada ao Banco da Amazônia (Basa). A iniciativa demonstra boa vontade de negociar da categoria, que tem sido ignorada pela instituição desde 29 de junho último. Para evitar o diálogo com os profissionais, o banco insiste em incluir na negociação coletiva mais de 250 ações individuais, a discussão sobre o passivo trabalhista da Ação Civil Pública do Piso Salarial e as atividades profissionais na instituição, além dos próprios dissídios coletivos 2016-2017 e 2017-2018. Tais questões estão a cargo da Justiça e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Pará (Crea-PA), e o Basa busca formas de não acatar decisões que venham a ser estabelecidas. “O que a direção da instituição tem que fazer é parar agora de enrolar. Todas as categorias firmaram seus Acordos Coletivos de Trabalho e se torna vergonhoso para essa direção a postura de seus gestores com a repetição, mais uma vez, do sequestro de um ACT por ações judiciais que o banco perdeu e quer enrolar”, dispara Eugênia von Paumgartten, presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Pará (Senge-PA).

RS
Lançado simulador de planos de saúde
O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul (Senge-RS) acaba de lançar o simulador do Plano de Saúde Senge Unimed. A nova ferramenta permitirá aos usuá­rios conhecerem as condições únicas oferecidas pelo sindicato e comparar as opções de planos disponíveis. A funcionalidade já está acessível no site www.senge.org.br. Com layout simples e intuitivo, o simulador facilitará o atendimento aos interessados nos planos, uma vez que também permite enviar ao usuário um resumo da simulação, agilizando o serviço e a contratação. A nova ferramenta vem proporcionar atendimento rápido a uma demanda crescente de beneficiados. Em oito anos, o número de vidas cobertas pelos planos oferecidos pelo Senge subiu 132%. O índice acompanha o aumento dos associados ao sindicato, de 101% desde 2010.

MT
FNE no Simpósio das Engenharias em Cuiabá
Foi realizada no dia 16 de outubro último palestra de abertura do Simpósio das Engenharias do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), em Cuiabá (MT), pela coordenadora do Núcleo Jovem da FNE, Marcellie Dessimoni. Ao representar o presidente da federação,  Murilo Pinheiro, ela abordou os desafios da engenharia para a retomada do desenvolvimento nacional e o mercado de trabalho aos jovens. Além disso, ressaltou a importância da participação nas entidades de classe e na defesa da engenharia brasileira. “É preciso unir a categoria contra o desmonte tecnológico do País”, frisou. Dessimoni também enfatizou que “devemos deixar a nossa marca, de que passamos por aqui e contribuímos com algo positivo para as futuras gerações”. E concluiu: “Engenheiros transformam a vida das pessoas, são essenciais para a retomada do desenvolvimento, levando sanea­mento, habitação, alimentos, energia, infraestrutura e demais serviços para toda a população.”

SC
Nova diretoria empossada à gestão 2018-2021
No dia 18 de outubro último tomaram posse os dirigentes do Sindicato dos Engenheiros no Estado de Santa Catarina (Senge-SC), que estarão à frente da entidade no período 2018-2021. A eleição, que havia sido realizada em 10 e 11 de setembro, escolheu como presidente da entidade o engenheiro civil José Carlos Ferreira Rauen.   Ao transmitir o cargo ao sucessor, Fábio Ritzmann agradeceu o empenho da diretoria e do conselho diretor na sua gestão, desejando boa sorte ao grupo, ressaltando ter sido uma experiência “enriquecedora e gratificante, pessoal e como engenheiro”. Ele aproveitou a oportunidade para comunicar seu último ato como presidente, a assinatura do contrato com a Agemed, que trará nova opção de planos de saúde aos associados. Rauen saudou o colega, afirmando que seu mandato “dignificou os 47 anos do Senge”. Ele enfatizou ainda a necessidade de participação de todos na condução do sindicato nos próximos três anos, “que serão de muito trabalho”. “Estamos profundamente comprometidos com os ideais da nossa profissão e nem poderia ser diferente, pois a entidade está no nosso sangue e se dificuldades nos aguardam, o esforço e a dedicação que im­primiremos ao nosso trabalho estarão à altura do desafio”, assegurou. Também se manifestaram Carlos Bastos Abraham, José Antônio Latrônico Filho e Paulo Roberto Anderson, que agradeceram o trabalho do ex-presidente e apoio à administração que se inicia.