sociais

logos

Cresce Brasil

CE

Sindicato reinaugura instalações

Está prevista para o dia 11 de dezembro a conclusão das obras do pavimento térreo da sede do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE), na Praia de Iracema, Fortaleza. A estrutura é composta por dois auditórios, um deles multiuso que se transforma em duas salas. Outra de convivência e eventos para o “Encontro de gerações”, que se propõe a ser também uma área de trabalho para os profissionais desenvolverem suas atividades. Será ainda inaugurado o hall das profissões e o dos ex-presidentes. Segundo Maria Helena de Araújo, presidente do Senge, “são espaços adequados para que os profissionais possam usufruir de diversas maneiras, inclusive coworking. A reforma visa melhorar e desenvolver atividades que propiciam crescimento da engenharia no estado”.

MA

Vinte anos de luta em prol dos engenheiros

Criado em 1983, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Maranhão (Senge-MA) foi refundado em 25 de setembro de 1996, passando a atuar de forma coordenada com a FNE, em defesa da categoria e do desenvolvimento. Engajado também ao projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento”, quando do seu lançamento em 2006, desenvolveu inúmeras atividades voltadas à valorização dos profissionais e à melhoria do bem-estar da população. A entidade vem obtendo conquistas importantes em questões trabalhistas coletivas e individuais, como a garantia do salário mínimo profissional, e resultados positivos como a criação dos fóruns da Gestão Metropolitana da Grande São Luís e de Infraestrutura pelo Desenvolvimento, além da criação do Núcleo Jovem Engenheiro.  Oferece aos filiados assistência jurídica, homologação de rescisões de contrato de trabalho, plano de saúde, convênios com instituições de ensino e outros. Atualmente o Senge é presidido por Berilo Macedo, que comandou a entidade na gestão 2012-2015 e se reelegeu para o período 2015-2018.

PA

Lutar contra  privatização da Cosanpa

A última ação contra a privatização da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) ocorreu no dia 17 de novembro último, ocasião em que o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Pará (Senge-PA), em parceria com o Sindicato dos Urbanitários, realizou o Fórum contra a Privatização da Cosanpa, com abordagem técnica e política sobre essa ameaça de desestatização. Para Eugênia von Paumgartten, presidente do Senge, “é importante que façamos nossa parte nessa luta por uma empresa que pertence ao povo, pelo direito de todos os cidadãos ao saneamento básico com qualidade e pelos nossos empregos”. Além disso, reforçou que a privatização “significa demissão em massa, terceirização generalizada, acidentes e doenças no trabalho, aumento de tarifa, precarização do serviço e a usurpação do bem público”.

RS

Senge celebra planejamento estratégico

Próximo ao final de 2016, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul (Senge-RS) festeja o caminho percorrido através do planejamento estratégico, buscando ampliar a presença e a força da entidade no estado e crescimento do seu quadro social. Os indicadores reiteram a confiança da categoria no trabalho em defesa dos direitos e da valorização profissional e na gestão dos serviços e benefícios aos filiados. A cada ano mais engenheiros do interior procuram a entidade, com destaque às mobilizações nas prefeituras e para conquistas judiciais pelo piso salarial nas empresas do polo metalmecânico da Região da Serra Gaúcha. Para atender os esforços da interiorização, além da ação sindical, o Senge formalizou convênios à assistência jurídica com escritórios em Porto Alegre e mais oito municípios, o que se repetiu na expansão do atendimento do plano de saúde mantido por convênio com a Unimed. Ainda, vem fortalecendo sua presença nas universidades estaduais. Ocorrerá em 8 de dezembro seminário sobre os desafios do desenvolvimento sustentável. Inscrições gratuitas no portal www.senge.org.br.

PI

Murilo Pinheiro participa do 22° Cbenc

Ocorreu de 16 a 18 de novembro último, em Teresina (PI), o 22° Congresso Brasileiro de Engenheiros Civis (Cbenc), com a presença dos presidentes da Associação Brasileira de Engenheiros Civis, Francisco Ladaga; da FNE, Murilo Pinheiro; e do Senge-PI, Antonio Florentino Filho. Nos dias seguintes, os presidentes dos conselhos regionais de Engenharia e Agronomia de todo o País participaram do evento com o tema “Engenharia Civil: Desafios e soluções para o desenvolvimento sustentável”. Murilo, em seu pronunciamento, destacou a importância da união de todas as entidades que representam a engenharia para enfrentar o momento de dificuldades no País: “Todos os engenheiros do Brasil podem ter certeza que a FNE estará presente em todos os movimentos que busquem o fortalecimento da engenharia e a valorização dos profissionais. Lançamos recentemente o movimento ‘Engenharia Unida’, vislumbrando a necessidade de unirmos forças para encontrar soluções à retomada do crescimento, à geração de emprego e à valorização da nossa categoria.”

GO

Entidade comemora 40 anos de história

No dia 10 de dezembro o Sindicato dos Engenheiros no Estado de Goiás (Senge-GO) completa 40 anos de lutas e conquistas. Criado a partir da antiga Associação Profissional dos Engenheiros, recebeu sua carta sindical em 1976. A valorização profissional e o salário mínimo, criado pela Lei nº 4.950-A/66, têm sido as principais pautas da entidade, que atua para levar à frente reivindicações da categoria, através de participação em negociações coletivas ou pela inserção no debate público. Oferece ainda serviços com qualidade, descontos em cursos, palestras e desenvolvimento profissional, psicólogos, biblioteca e assistência jurídica trabalhista aos filiados. Instalado em Goiânia desde 1983, o Senge inaugurou em setembro último a nova sede em Anápolis para se aproximar da categoria na região. O atual presidente é Gerson Tertuliano, reeleito à gestão 2016-2019.

logoMobile